Coltelli Acessórios para Pet - Pet Shop Produtos
Como estão os olhos do seu cachorro

Foto Divulgação
Os nossos peludos podem desenvolver doenças parecidas com as nossas. Vocês lembram quando falamos sobre obesidade? Também é possível que tenham câncer de mama, câncer de próstata, gravidez psicológica, entre outras doenças comuns aos humanos. É claro que elas se desenvolvem por motivos diferentes, mas em alguns casos, os tratamentos e os medicamentos são os mesmos. Um bom exemplo é a esporotricose onde são ministrados os mesmos antifúngicos para humanos e animais.

Além de brincar e fazer muito carinho nos seus peludos, você deve prestar atenção em como estão fisicamente. Faça uns carinhos os apalpando pelo menos uma vez ao mês. Se você encontrar qualquer coisa diferente do normal, procure imediatamente um médico veterinário.

Você já reparou nos olhos do seu cachorro hoje?

Depois do olfato e da audição, a visão é o sentido mais importante dos nossos cachorros, e, embora eles sejam capazes de enxergar menos cores e menos detalhes do que nós humanos, o conjunto de sensações estabeleceu uma relação milenar de amizade incondicional com os homens. É por conta dessas limitações e dos laços de união que os cães precisam de cuidados especiais para os olhos não adoecerem.

Todos os cães podem apresentar problemas nos olhos, até mesmo os vira-latas, mas algumas raças são mais propensas do que outras, como:

* Sharpei;
* Pug;
* Poodle;
* Beagle;
* Rottweiler.

Animais de pelos claros também podem sofrer com manchas na região, causadas pelas por secreções que grudam na pele e a tornam escurecidas, embora isso não seja um problema de saúde, apenas de beleza.

Assim como você, quando o seu pet se levanta pela manhã, é comum que ele tenha um pouco de remela de cor amarela no canto dos olhos. Essa presença é comum, mas, se houver mais secreção que o normal, somada a sintomas como vermelhidão e dificuldade de andar sem esbarrar nos móveis, nas paredes e nos objetos, você vai precisar procurar a clínica veterinária para saber o que está acontecendo com ele.

Cuidados especiais com olhos do seu peludo

As doenças que acometem os olhos dos peludos são semelhantes aos problemas que podem atingir os homens, bem como os cuidados necessários para evitá-los. Para isso, você precisa limpar todos os dias essa região com uma gaze ou um algodão com água morna ou soro fisiológico até amolecer e retirar as secreções. Mantenha a atenção para não deixar entrar nenhum fiapo de material que possa irritar os olhos do seu cachorrinho. Se for necessário, prenda os pelos mais longos no topo da cabeça do seu cão com um elástico para que eles não atrapalhem a higienização correta.

Os cuidados com essa área sensível também são necessários na hora do banho, seja em casa ou no Pet Shop: os olhos do seu bichinho precisam estar protegidos com pomadas específicas para a área, indicadas por veterinários, e o shampoo usado para a cabeça não pode causar irritações e vermelhidão. Se a opção for por levar o animal ao banho e tosa, procure conversar com os funcionários para saber como tudo é feito e demonstre a sua preocupação.

No entanto, a atitude mais importante para que o seu cachorro não sofra com doenças nos olhos é fazer o check-up regularmente com um oftalmologista canino, que pode avaliar as fragilidades da raça e fatores ambientais. Se vocês tiverem que encarar uma situação dessas, é preciso seguir o tratamento à risca e abolir os métodos caseiros, para que as chances de cura sejam efetivas ou para que a qualidade de vida seja mantida. Agora que você já sabe como prevenir as doenças caninas, conheça os sintomas de cada uma:

Conjuntivite

Se o seu peludinho está com o olho avermelhado, ele pode ter sido infectado por bactérias ou por vírus causadores da conjuntivite, que entraram em contato com esta região do corpo por meio da poluição do ar ou devido a ações climáticas. Além desse sintoma, a conjuntivite nos cachorros pode apresentar:

* Inchaço nos olhos;
* Inchaço nas pálpebras superiores inflamadas;
* Secreção de cor amarela ou esverdeada;
* Lacrimejamento;
* Irritação frequente.

O tratamento é simples basta limpar com soro fisiológico e a aplicação de colírios prescritos pelo veterinário diariamente. Se a doença estiver muito avançada, o médico também pode recomendar antibióticos. A doença não é contagiosa, e, se você possuir outros animais em casa, eles podem manter contato, desde nenhum deles toquem nos olhos do cachorro com conjuntivite. Se for necessário, use um cone de pescoço.

Catarata

A catarata é o principal motivo de cegueira nos cachorros, e, por isso, merece atenção especial! As origens são variadas, podendo ser:

* Genética;
* Devido ao diabetes;
* Traumas;
* Secundária à degeneração da retina.

Essa doença torna o cristalino opaco por causa da morte das células, e forma uma mancha de cor esbranquiçada no centro do olho do seu cão, bloqueando a passagem de luz e a visão.

Não existe tratamento. O cachorro deve passar por uma cirurgia e será colocado uma prótese que substitui o tecido natural dos olhos. A catarata pode se manifestar ao nascer, na juventude e na velhice, principalmente nos animais de pequeno e grande porte, e, se esse for o caso do seu cão, você deve optar pela castração para que a doença não se espalhe para os filhotes.

Glaucoma

A doença é grave e pode cegar se não receber os devidos cuidados. Ela acontece quando há um aumento da pressão sanguínea dentro dos olhos, o que acaba afetando o nervo e a retina do bichinho, principalmente quando ele começa a envelhecer.

Geralmente, os donos só percebem o problema quando o cachorro vai apresenta os seguintes sintomas:

* Olhos turvos e esbranquiçados;
* Pupilas dilatadas;
* Dificuldade de enxergar.

Quando descoberta no início, pode ser revertida com uma drenagem. Na clínica veterinária, o especialista vai precisar fazer uma análise da pressão intraocular e um exame de fundo do olho para confirmar o diagnóstico e receitar colírios, que devem ser usados regularmente por toda a vida do seu peludinho.

Eu sei que no nosso dia a dia é bem difícil reparar nos detalhes, mas prevenção é fundamental. Quando chegar a data das vacinas anuais, aproveite e faça um check-up no seu peludo. E uma vez ao mês, faça como disse lá em cima: faça carinho no seu peludo com toques suaves e se notar algum nódulo ou caroço, o leve ao médico veterinário. Com relação aos olhos é mais simples: basta olhar nos olhos do seu peludo.

Drª Elizangela Torres
Amigo não se compra

Veja Mais
  Feliz dia das Mães!


  3 cuidados de higiene que devemos ter com alguns objetos dos animais.


  3 coisas que todo tutor deve saber sobre os ouvidos e orelhas de seus cachorros!


  A Coltelli tem excelentes produtos para seu animalzinho, adquira já!


  Feliz Páscoa!


  5 coisas que devemos fazer por nossos cachorros que eles não conseguem fazer sozinhos.


  08 de Março - Dia Internacional da Mulher


  Venha adquirir um de nossos produtos na Coltelli!


  Cães como deixá-los mais calmos?


  É apaixonado por cães e gatos?


  Hoje é comemorado o dia da Amizade


  Temos excelentes produtos


  Dermatites psicogênicas em felinos


  Tremor de cabeça idiopático em cães


  Hoje comemora-se o Ano Novo.


  Hoje comemora-se o Natal.


  Preparação física dos cães


  American Staffordshire Terrier


  Venha adquirir um de nossos produtos na Coltelli


  Que tamanho vai ficar meu filhote?


  Dia Mundial da Gentileza


  Doenças urinárias em gatos


  Minha gata não gosta de colo, será que ela não gosta de mim?


  Dia das Crianças


  O que você precisa saber antes de comprar um cachorro


  Dia dos Animais


  Seja legal cuide das bolas de pelos do seu gatinho


  Dia do Médico Veterinário


  Dia do Irmão


  Socorro: meus cachorros só brigam!


Proximo >
Coltelli Acessórios para Pet - Pet Shop Produtos
Coltelli Acessórios para Pet - Pet Shop Produtos